Déficit no BACEN chega a quase 40% e reforça a necessidade de concurso.

 Instituição fundamental para a economia do país, o Banco Central (BACEN) segue tendo seu quadro de pessoal desfeito enquanto aguarda a autorização de um novo concurso pelo governo federal. Relatório divulgado neste mês aponta que o déficit de pessoal já é de 39,45% do efetivo previsto em lei.

A situação coloca a autarquia entre as que mais necessitam da permissão para abrir um novo processo de seleção de servidores.

Das 6.470 vagas existentes no quadro no banco, apenas 3.917 estão preenchidas. Para minimizar a defasagem, que é de 2.553 servidores, o Bacen solicitou ao Ministério do Planejamento a liberação de 990 vagas para um novo concurso.

A tendência para os próximos meses é que a carência de pessoal do órgão siga aumentando, tendo em vista que centenas de servidores já possuem condições de se aposentar.

Em reunião com representantes de diferentes categorias no fim do mês passado, o secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Augusto Akira Chiba, afirmou que o governo deverá atender a apenas 20% dos pedidos de concursos recebidos. O esperado é que a seleção do banco esteja entre os que serão liberados.

SEGURO EDITAL: ESTUDE AGORA PARA O CONCURSO DO BACEN COM ACESSO ILIMITADO, CLIQUE AQUI!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se