TJ-SP tem histórico de muitas convocações além das vagas iniciais.

​O histórico de convocações do Tribunal de Justiça de São Paulo para o cargo de escrevente é uma das principais atrações do concurso. O órgão se destaca por convocar muito além das vagas iniciais em todas as suas seleções. Para se ter ideia, somente no último concurso destinado a 1ª Região Administrativa, que engloba capital e Grande São Paulo…

​O histórico de convocações do Tribunal de Justiça de São Paulo para o cargo de escrevente é uma das principais atrações do concurso. 

O órgão se destaca por convocar muito além das vagas iniciais em todas as suas seleções. Para se ter ideia, somente no último concurso destinado a 1ª Região Administrativa, que engloba capital e Grande São Paulo, já foram convocados 1.711 aprovados, mais de três vezes a oferta inicial do concurso, que foi de 471 vagas. 

O número de nomeações fez com que a lista chegasse perto do fim, restando apenas 78 aprovados.

Já no concurso para comarcas do interior e litoral, realizado em 2015, a oferta foi de 345 vagas, distribuídas entre as outras nove regiões administrativas do órgão (2ª a 10ª). Neste caso, o número de convocações já superou as vagas iniciais. 

Até o momento já são mais de 1.200 convocações, de acordo com dados da comissão formada por aprovados no concurso. 

Neste caso a seleção somou 2.557 aprovados e tem validade até dezembro deste ano.

O formato do concurso da grande esperança para os remanescentes. O órgão habilita para a segunda fase cerca de três vezes mais aprovados que o da oferta inicial. Já a prova de segunda fase tem caráter somente eliminatório, o que permite que todos os aprovados estejam aptos a nomeação.

Fonte: Folha Dirigida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se