Procuradoria-Geral do Distrito Federal deve abrir concurso em até seis meses

A Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) trabalha para lançar um novo edital de abertura em até 180 dias! 

De acordo com portaria publicada pelo secretário de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão, Renato Ribeiro, no Diário Oficial do DF (DODF) da última sexta-feira (30/7), foi delegada à PGDF a competência para contratar a empresa que vai organizar a seleção. Serão abertas, ao todo, 100 vagas para ingresso na carreira de Apoio às Atividades Jurídicas do órgão.

Desse total, 57 vagas serão para o cargo de analista jurídico e 43 para técnico jurídico. As remunerações iniciais são, respectivamente, R$ 7.760 e R$ 4.940, para 40 horas de trabalho semanal. Os valores, porém, podem subir até R$ 10.194,22 e R$ 6.489,62, de acordo com a progressão na carreira. 

Confira aqui mais detalhes sobre a carreira na PGDF, reestruturada pela Lei 5.192/2013.

De acordo com a assessoria da PGDF, as áreas dos cargos ainda estão sendo definidas pelo grupo interno de trabalho responsável pelo concurso.

O último concurso foi aberto em 2010, e foi organizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimentos (Iades). Foram abertas 69 vagas, sendo 46 vagas para técnico jurídico de apoio administrativo, 13 vagas para analista jurídico – direito e legislação, três para analista jurídico – análise de sistemas, uma para analista jurídico – administração, uma para analista jurídico – arquitetura, uma para analista jurídico – arquivologia, uma para analista jurídico – biblioteconomia, uma para analista jurídico – contabilidade, uma para analista jurídico – engenharia agronômica e uma para analista jurídico – jornalismo.

Segundo a banca, foram registradas 41.036 inscrições. O cargo com maior número de vagas foi o de nível médio, com 32.319 inscrições. Houve provas objetivas para todos os cargos, com 60 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos de peso 1, e 30 de conhecimentos específicos de peso 2. As disciplinas cobradas foram língua portuguesa, atualidades, noções de direito administrativo, legislação aplicada aos servidores da PGDF e noções de direito constitucional. 

Os que disputaram as vagas de nível superior ainda fizeram provas discursivas e avaliação de títulos. 

(CorreioWeb)

CONHEÇA NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se