Orçamento de 2017 prevê concursos para diversos órgãos.

​Entre os órgãos que devem abrir concurso no próximo ano estão Receita Federal, IBGE, Câmara dos Deputados, ANS, EPE, MPT, MPF, tribunais e institutos federais de ensino.No última semana, o Projeto de Lei Orçamentária Federal de 2017 foi entregue à relatoria no Congresso Nacional. E a boa notícia é que um dos adendos do documento prevê mais de 83.0…

​Entre os órgãos que devem abrir concurso no próximo ano estão Receita Federal, IBGE, Câmara dos Deputados, ANS, EPE, MPT, MPF, tribunais e institutos federais de ensino.

No última semana, o Projeto de Lei Orçamentária Federal de 2017 foi entregue à relatoria no Congresso Nacional. E a boa notícia é que um dos adendos do documento prevê mais de 83.061 vagas.

Agora, o documento é avaliado no Congresso Nacional, que deve terminar a análise até o final deste ano, ou no mais tardar no início de 2017. Assim que aprovado, ele irá para a sanção presidencial.

Grande parte dos concursos previstos no Orçamento são para órgãos que não dependem de autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), como no caso dos Institutos Federais, mas tem alguns que assim que sancionado o documento poderão ter o aval liberado pelo ministro do Planejamento.

Concurso Receita Federal

A previsão é de que sejam abertas 400 vagas para o concurso da Receita Federal do Brasil. As oportunidades estarão distribuídas entre os cargos de assistente administrativo, analista administrativo, auditor-fiscal e analista tributário, com salários que chegam a R$ 16.201,64 por mês. O posto de assistente por exemplo requer o ensino médio

Concurso IBGE

O Censo Agropecuário do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está em pauta no Orçamento e, com isso, a liberação do concurso para 82.050 chances temporárias que havia sido suspenso este ano.

As oportunidades serão para os cargos de analista censitário (250 vagas), analista censitário regional (486), agente censitário administrativo (700), agente censitário municipal (5.500), agente censitário supervisor (12.540), agente censitário de informática (174) e recenseador (62.400).

Concurso ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é um dos órgãos que podem realizar novo concurso público em 2017. Acontece que o Orçamento apresenta 231 vagas de nível superior para os cargos de analista administrativo e especialista em regulação. Tais oportunidades deverão ter aval do Ministério do Planejamento para que possam sair do papel. Inclusive, há uma projeção de que o certame tenha aproximadamente 57.750 inscritos.

Concurso EPE

Outro órgão que aguarda pela aprovação do Orçamento e autorização do Planejamento é a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A instituição pretende abrir concurso para cargos de níveis médio e superior que ainda não foram revelados.

Concurso Câmara dos Deputados

Um dos concursos em pauta para o ano que vem e que está inserido no Orçamento para 2017 é o da Câmara dos Deputados. O certame contemplará oportunidades para os cargos de técnico legislativo e analista legislativo. A projeção do órgão é de que o processo seletivo receba cerca de 70.200 inscrições.

Outros concursos previstos para 2017

Os adendos do Orçamento também preveem a abertura de concursos para o Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Instituto Federal Goiano (IFGoiano), Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT), Fundação Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Colégio Pedro II, Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA), Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE), Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TRE/MS), Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR), Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ), Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN), Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE/TO), Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1), Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2), Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3), Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) e Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF 5).

FONTE: Jornal dos Concursos

Facebook: www.facebook.com/novocurso

Canal Youtube: www.youtube.com/novocurso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se