Concurso TJ SP 2019: aposentadorias aceleram vagas para escrevente

O concurso para escrevente do TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) é sempre um dos mais procurados pelos concurseiros e sua realização tem se tornado imprescindível. Primeiramente, por conta das 3.372 vagas em aberto e outra porque este número tende a aumentar, já que 5.393 servidores estão aptos a se aposentar.

Não deve demorar para que o órgão inicie os preparativos de novo processo seletivo para esta carreira. Mesmo com certame em validade, o tribunal costuma divulgar novo edital logo após o encerramento daquele que está para vencer.

O escrevente do TJ SP pode atuar em uma das dez regiões administrativas do tribunal, sendo que cada uma delas possui unidades na capital e em várias cidades do interior, litoral e região metropolitana de São Paulo.

Editais dos concursos anteriores

Em março de 2018, foram aplicadas as provas objetivas para o processo seletivo com 235 chances de escrevente técnico judiciário distribuídas entre as Circunscrições Judiciárias que compõem as 2ª, 3º, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias, com sedes nas cidades de Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Já em julho de 2017 ocorreram os testes para o concurso do TJ SP que visou a preencher 590 postos nas 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias, que ficam respectivamente na Grande São Paulo e Campinas. O concurso terminará a validade em dezembro deste ano.

Quem participou das duas seleções tem a chance de ser convocado durante toda a validade. E os concurseiros que não se inscreveram ou que não foram classificados podem se preparar para os próximos concursos, que costumam ocorrer logo após o término da validade do anterior para as regiões administrativas específicas.

(Jornal dos Concursos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se