CONCURSO MPU: procurador substituto do MPT-RJ admite carência de pessoal

Enquanto o edital do concurso MPU não é divulgado, as procuradorias regionais do trabalho (PRTs) sofrem com a carência de pessoal. Essa unidades compõem o Ministério Público do Trabalho (MPT), que integra o MPU.

Na Procuradoria do Rio de Janeiro, o procurador – chefe substituto João Batista Berthier afirma que é necessária mais mão de obra para trabalhar melhor.

” O certo, no gabinete do procurador, seria ter um analista e um técnico. No meu caso, eu tenho aqui só um analista e divido uma técnica com um colega. Ela faz ofícios para mim e para ele” O Procurador afirma que os trabalhos ficam limitados por falta de pessoal, ” Nossa situação hojeé boa, mas teria que ser melhor”.

Conforme disse Berthier, não é só na PRT do Rio que há carências, muito menos apenas o MPT que sofre com falta de servidores. As necessidades são encontradas também nos quatro ramos do MPU: além do MPT, no MPF, MPM e no MPDFT.

No total, segundo o Portal da Transparência do MPU, faltam 1.606 profissionais, sendo 443 vagas para técnicos administrativos (nível médio)

Notícia completa em Folha Dirigida

CURSO COMPLETO MPU POR APENAS R$150,00? CLIQUE AQUI!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se