Concurso INSS: falta de servidores já interfere no atendimento

Mesmo diante da situação do Ministério da Economia, anunciando que não autorizará neste momento o novo concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), algo deve ser feito o mais rápido possível para o que o órgão não entre em colapso.

Acontece que levantamento mais recente aponta que o INSS tem defasagem de mais de 22 mil servidores e para piorar a situação: metade do pessoal está em fase de se aposentar. O órgão já informa dificuldade no atendimento ao público e preenchimento de servidores nas agências e postos da previdência social.

Recentemente, o Ministério Público Federal (MPF) chegou a orientar que a autorização fosse concedido até o final de maio. Porém, o governo anunciou que não liberaria devido à atual situação fiscal do país. 

Concurso INSS – técnico e analista

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no concurso INSS, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

(Jornal dos Concursos)

NOSSO CANAL NO YOUTUBE – CLIQUE AQUI!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se