Concurso Caixa: decisão deve sair nesta sexta (30)

​Mesmo com liminar prorrogando a validade do concurso de 2014, a instituição não tem reposto servidores. Cargo exige ensino médio, com inicial de R$ 2,9 mil por mêsEstá marcada para esta sexta-feira, dia 30 de setembro, a divulgação da sentença, no TRT da 10ª região, da Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) do …

​Mesmo com liminar prorrogando a validade do concurso de 2014, a instituição não tem reposto servidores. Cargo exige ensino médio, com inicial de R$ 2,9 mil por mês

Está marcada para esta sexta-feira, dia 30 de setembro, a divulgação da sentença, no TRT da 10ª região, da Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) do Distrito Federal cobrando a convocação de aprovados no concurso público da Caixa Econômica Federal (CEF).

Por enquanto, o processo conta com uma liminar, do desembargador José Leone Cordeiro Leite, que prorroga o prazo de validade do concurso de 2014 para os cargos de técnico bancário, engenheiro e médico do trabalho.

Porém, mesmo com a prorrogação da validade, por tempo indeterminado, o que impede a realização de novo concurso, a instituição não tem convocado remanescentes, comprometendo ainda mais as atividades.

Tanto que, no final de agosto, representantes do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, durante encontro mensal com diversas áreas do banco, entregaram aos representantes das superintendências regionais as demandas da categoria por mais empregados em diversas agências.

De acordo com o diretor do sindicato, Francisco Pugliesi, a falta de pessoal e a consequente sobrecarga de trabalho são condições gerais na instituição e, durante o evento, foram destacadas algumas unidades em São Paulo que apresentam maior urgência de pessoal.

Ainda segundo dados do sindicato, no período de junho de 2015 a junho de 2016, a Caixa eliminou 2.235 postos de trabalho.

No entanto, em mesa nacional de negociação, a empresa confirmou que não há previsão de contratações, nem de remanescentes, nem por meio de novo concurso, nem mesmo para repor as vagas abertas pelo plano de apoio à aposentadoria, que somente até julho respondeu por 601 afastamentos.

Pelas regras do fórum, o banco também tem até sexta, 30 de setembro, para apresentar alguma solução para os problemas apresentados pelo sindicato.

Mesmo com a prorrogação do prazo de validade do concurso de 2014, caso o banco resolvesse abrir nova seleção, seria permitido, desde que priorizada a nomeação dos aprovados no concurso prorrogado.

O motivo que levou à decisão judicial é que a instituição ainda conta com nada menos do que 29.689 remanescentes do certame aguardando convocação.

Por enquanto, a Caixa chamou apenas 2.501 técnicos bancários aprovados no concurso, que contou com mais de um milhão de candidatos, sendo 33 mil classificados para o cargo.

Do total, 2.299 são para oportunidades de ampla concorrência e 202 portadores de deficiências físicas.

De acordo com a liminar, a instituição também fica proibida de realizar novos concursos somente para formar cadastro reserva de pessoal, sem indicação de número imediato de vagas. 

FONTE: UOL

Facebook: www.facebook.com/novocurso

Canal Youtube: www.youtube.com/novocurso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se