CONCURSO BANCO DO BRASIL: diretor explica mudanças

 O concurso Banco do Brasil teve o edital divulgado, marcado por polêmicas. A principal delas é a exigência elevada de conhecimentos de informática para o cargo de escriturário, que é de nível médio. Em entrevista exclusiva à Folha Dirigida, concedida por e-mail, o diretor de Gestão de Pessoas do Banco do Brasil, José Minchillo, escalreceu as mudanças. Segundo ele, elas são resultados das necessidades atuais do BB.

” Ao longo dos últimos anos, o Banco vem inovando em seus concursos, incluindo e alterando o conteúdo programático a cada seleção, a fim de atender às necessidades de pessoal das diversas áreas do BB. Essa é uma dinamica constante da instituição, pois cada concurso é único e realizado com base em um cenário econômico e financeiro que orienta as práticas de recutamento e seleção do banco” esclareceu, informando qual é o objetivo desse novo concurso. ” Prover vagas de escriturário nas capitais incluídas no edital, com vistas a atender necessidades estratégicas do banco” informou.

Questionado sobre o dia a dia do escriturário, ou seja, como ele atuará no Banco do Brasil, Micnhillo assegurou que esses profissionais poderão atuar em qualquer dependência do banco” podendo portanto, não serem lotados apenas em agências. ” O local de trabalho será definido pela empresa no momento da contratação. A rotina será o desenvolvimento das atividades descritas no edital”, completou

ASSISTA AULA INAUGURAL DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Login

Cadastre-se